Receitas > Legumes e Verduras > Feijoada do cafofo da surica

Receita de Feijoada do cafofo da surica


Avaliação: / Feijoada do cafofo da surica3 votos PiorMelhor 
Por Maria Clara
Ingredientes

  • 2 kg de feijão preto
  • 2 pés de porco (chispe)
  • 2 kg de carne-seca
  • 2 kg de costelinha
  • 6 paios
  • 2 kg de bucho
  • 2 kg de lingüiça grossa
  • 2 kg de lombo salgado
  • 1 kg de lingüiça fina
  • 1 kg de carne fresca (peito)
  • 8 folhas de louro
  • 6 cebolas
  • 4 cabeças de alho
  • 8 molhos de couve
  • 2 molhos de cheiro-verde
  • 10 laranjas
  • 2 kg de farinha de mesa para farofa
  • 2 kg de arroz branco
  • Orégano a gosto
  • Sal e pimenta-do-reino à gosto


Modo de preparo

  • As carnes salgadas devem ficar de molho na água dois dias antes para tirar o excesso de sal.
  • É bom trocar a água pelo menos seis vezes.
  • No outro dia depois, lave bem os pés de porco e fervente em separado.
  • Reserve.
  • Corte as carnes em pedaços grandes, assim como a lingüiça.
  • Afervente as lingüiças e as carnes salgadas.
  • Reserve.
  • O feijão deve ser cozido em caldeirões com muita água.
  • Antes de colocar o feijão na panela, deixe dourar em um pouco de óleo o alho socado e a cebola picada.
  • Acrescente o louro, um punhado de orégano, sal e pimenta-do-reino.
  • Só então coloque o feijão para cozinhar por pelo menos uma hora, junto com o bucho.
  • Vá colocando as carnes no caldeirão.
  • Pode seguir essa ordem: carne seca, pé de porco, costelinhas, peito, paio, lingüiças e lombo.
  • Se for preciso, coloque mais água no feijão, acerte o sal e deixe as carnes cozinharem bem.
  • Retire o excesso de gordura, se houver, com uma escumadeira.
  • Vá retirando as carnes já cozidas do caldeirão para que não desmanchem e coloque-as em travessas.
  • Siga a regra: o caldo deve ficar grosso.
  • Os grãos, macios.
  • As carnes, bem cozidas e íntegras.
  • Reserve até o outro dia.
  • No dia seguinte, é hora dos complementos.
  • Em uma panela grande – ou duas ou mais, se necessário – refogue a couve cortada fininha com alho dourado, gordura de toucinho picadinho e sal.
  • O mesmo procedimento deve ser feito com a farinha de mesa que vai virar farofa.
  • As carnes voltam aos caldeirões de feijão para esquentar.
  • Quando surgem as primeiras bolhas da fervura, elas voltam às travessas e vão para a mesa.
  • Os caldeirões ficam aquecidos em fogo brando.
  • Sirva as carnes em travessas separadas, o feijão nos caldeirões, as laranjas, a couve, o arroz branco e a farofa em potes.
  • Deixe a pimenta malagueta à disposição para quem quiser se servir.
Rendimento: 15 a 20 porções


Obs.: Aqui o feijão não é refogado. As carnes que vão cozinhando junto com
ele no caldeirão é que dão o sabor.

D I C A

Para quem gosta de comer sobremesa depois da feijoada, sugiro doce de
abóbora e doce de banana. Uma bacia de cada um.

Facebook Twitter Google Plus Pinterest Email

Adicionar ao meu livro de receitas

Experimente também
Comentários
© 2007-2017 Comida e Receitas | A empresa Anuncie Contato Política de Privacidade e Termos de Uso