Receitas > Carnes > Costela no vapor

Costela no vapor


Avaliação: / Costela no vapor1 votos PiorMelhor 
Por Maria Clara
Ingredientes

- 3 kg de costelas gaúchas, limpas da gordura amarela e separadas nas
vértebras
- sal grosso
- 500 g de ervilhas frescas ou congeladas
- 2 cenouras médias cortadas em rodelas bem finas
- 1 pimentão verde picado
- 1 pimentão vermelho picado
- 1 cebola grande picada
- 6 dentes de alho picados
- 250 ml de caldo de legumes
- 1 colher (sobremesa) cheia de amido de milho dissolvido em um pouco de
água fria
- ½ maço de salsinha picada
- pimenta-do-reino moída na hora
- alecrim fresco desgalhado (ou desidratado)
- óleo de milho

Modo de preparo



Preaqueça o forno em temperatura máxima (250 ou 300 graus) por 15 minutos.
Disponha as vértebras da costela, com os ossos para baixo e sem sobrepor,
numa assadeira grande de alumínio.
Espalhe sal grosso por cima.
Leve ao forno já aquecido, na prateleira mais alta, até que a carne fique
tostada (selada). Retire a assadeira, desligue o forno e dispense a gordura
que ficou no fundo da assadeira.
Numa panela para cozimento ao vapor, coloque 2 litros de água com um pouco
de vinagre, empilhe as carnes na bandeja apropriada (as vértebras maiores
por cima), intercalando os pedaços com alecrim, e tampe.
Acenda o fogo em chama máxima e, quando formar vapor, reduza ao mínimo
possível. Deixe cozinhar por uma hora e meia ou duas.
Quando as carnes estiverem soltas dos ossos, desligue o fogo, retorne as
vértebras à assadeira fria e, com ponta de faca, elimine os ossos e as
gorduras restantes – reservando as carnes. Descarte a água da panela.
Em outra caçarola, esquente óleo, refogue a cebola e em seguida o alho.
Junte os pimentões, as cenouras e as ervilhas. Refogue bem, mexendo.
Acrescente o caldo de legumes e a pimenta.
Com tudo cozido al dente, ponha o amido de milho dissolvido e mexa até
engrossar um pouco.
Misture 1/3 da salsinha picada e deixe a panela tampada.
Na travessa de servir, coloque as carnes e incorpore o molho.
Misture e espalhe o restante da salsinha por cima.
Sirva bem quente, com arroz branco e uma salada de folhas levemente
temperada (de preferência folhas de sabor forte, como rúcula, mostarda ou
almeirão).

D I C A S

Não é melhor, mas você pode fazer o mesmo prato usando, em vez de costela,
acém ou coxão-duro (ponta-de-agulha) em pedaços também limpos de excesso de
gordura. Mesmo sem ossos, devem ser selados no forno.
Também vale uma salada de quiabos com cebolas cortadas fininhas, em
substituição à salada de folhas.
Se não tiver panela própria para cozimento ao vapor, improvise. Duas panelas
grandes com uma grelha no meio podem resolver – desde que a de cima funcione
realmente como tampa.
Facebook Twitter Google Plus Pinterest Email

Adicionar ao meu livro de receitas

Comentários
Facebook
Pinterest
Twitter
Google Plus
Receba receitas por e-mail

Receba gratuitamente nossos últimos destaques

© 2007-2017 Comida e Receitas | A empresa Anuncie Contato Política de Privacidade e Termos de Uso