Coxinha perfeita

Foto: Pixabay

Confira alguns truques para preparar a coxinha perfeita

Sempre use o óleo bem quente, para evitar que as coxinhas fiquem encharcadas. Lembre-se: o volume de óleo usado na fritura deve ser de, pelo menos, o triplo da quantidade de alimento, para que a coxinha fique imersa e frite de maneira uniforme. Se fritar em pouco óleo, ela pode grudar na panela e estourar.

Para saber se a temperatura do óleo está boa para a fritura, coloque um palito de fósforo apagado no óleo frio. Quando aquecer, o palito vai acender e apagar rapidamente. Retire-o com uma escumadeira e comece a fritura. A camada de ovo e farinha de rosca protege a coxinha durante a fritura e evita que ela se quebre ou fique encharcada de óleo.

Para variar a receita, você pode substituir o ovo batido por água gelada ou leite. E, além da tradicional farinha de rosca, você pode empanar suas coxinhas em macarrão cabelo de anjo triturado. Fica um aspecto diferente e incrivelmente crocante.

Para sua coxinha ficar ainda mais sequinha e crocante, substitua metade da quantidade de óleo por gordura vegetal.

Evite fritar porções muito grandes ao mesmo tempo, pois o contato dos alimentos frios com a gordura quente diminui a temperatura do óleo. O indicado é colocar apenas quatro ou cinco coxinhas por vez na frigideira para não estourarem e não absorverem óleo demais.

Congele

Coloque os salgadinhos empanados em uma fôrma, deixando um espaço entre eles, e leve ao congelador por 2 horas. Retire, coloque em saquinhos plásticos, retire o ar, feche bem e volte ao congelador por até 3 meses.

Não é preciso descongelar previamente, basta fritá-las normalmente.

Farinha de rosca caseira

Corte pães velhos em rodelas, coloque em uma fôrma e leve ao forno alto, preaquecido, por 10 minutos. Não deixe torrar demais para não ficar com um sabor muito forte. Coloque as torradas no processador ou liquidificador e bata até formar uma farinha fina.

Você também pode triturar o pão dentro de um saco plástico usando um rolo, até ficar fino, ou até com um ralado. Depois, misture com sal, ervas e temperos de sua preferência, como orégano, cheiro-verde e até queijo parmesão ralado ou caldo de galinha em pó.

Guarde em potes fechado, em local seco e fresco longe de luz por 30 dias.

Compartilhe:

Facebook Twitter Pinterest Email Imprimir