Calda de caramelo

Foto: Shutterstock
Foto: Shutterstock

A proporção de água

A proporção de água e açúcar é importante para determinar a espessura de uma calda.

Confira os diferentes pontos

Para a calda fina: use 250 g de açúcar para 1/2 litro de água. Esta calda é indicada para saladas de frutas e frutas cozidas.

Para a calda média: use 250 g de açúcar e 250 ml de água. É ideal para as frutas carameladas.

Para a calda grossa: use 250 g de açúcar e 225 ml de água. É indicada para fazer caramelo.

A questão da temperatura

A temperatura também determina o ponto. O ideal é usar um termômetro, mas, se você não tiver um, use o dedo, antes, mergulhe-o em água gelada, depois na calda e novamente em água gelada.

Ponto

Ponto de fio: Para saber se a calda está em ponto de fio, coloque um pouco da calda em um prato e espere esfriar um pouco. Depois, com a ponta dos dedos, aperte e puxe. Deverá se formar um fio que não se desmancha.

Ponto de bala mole (116 graus centígrados a 118 graus centígrados): é o primeiro estágio, no qual a calda conserva a forma, mas é macia quando apertada entre o indicador e o polegar.

Ponto de bala dura (125 graus centígrados): nesta fase a calda forma uma bala firme e flexível, mas pegajosa.

Ponto de crosta mole (134 graus centígrados): nesta fase a calda fica quebradiça, mas sua textura mole e flexível gruda nos dentes.

Ponto de crosta dura (145 graus centígrados): neste ponto a calda é quebradiça. Depois deste ponto, o açúcar carameliza rapidamente.

O caramelo usado para caldas ou coberturas forma-se quando a calda engrossa além do ponto de crosta dura.

Toda a umidade evapora e a calda ganha um tom marrom-escuro.

O caramelo fino tem gosto suave, o médio é dourado-escuro e tem gosto de nozes.

Atenção: Não cozinhe acima de 190 graus centígrados ou então o caramelo queimará, resultando em um gosto amargo.

Usando o caramelo e as caldas

Para fazer pralinas (amêndoas confeitadas), faça uma calda e deixe ferver até obter uma cor caramelo-escuro.

Junte um pouco de amêndoas sem pele torradas, despeje a mistura numa fôrma levemente untada com manteiga e deixe esfriar e endurecer. Em seguida, esmague as pralinas e use-as para decorar bolos ou enriquecer sobremesas.

Use caramelo para cobrir frutas e servir com bolos ou sorvetes. Para isso, despeje o caramelo sobre laranjas descascadas e cortadas em fatias ou em gomos.

Se preferir, use uma outra fruta de sua preferência. Espere esfriar e guarde na geladeira.

Prepare um caramelo tradicional, retire do fogo e misture creme de leite.

Sirva quente ou frio com bolos, sorvetes, salada de frutas e panquecas.

Caramelo grudado

Para que o caramelo não grude na panela, dificultando a lavagem, utilize a seguinte dica.

Embeba um guardanapo de papel com um pouco de óleo e unte a panela em que for preparar o caramelo. Depois, é só colocar o açúcar, um pouco de água e levar ao fogo para caramelizar.

Compartilhe:

Facebook Twitter Pinterest Email Imprimir