Como fazer molho de tomate

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Depois de ver como é fácil fazer em casa, você nunca mais vai querer comprar molho de tomate enlatado.

Os bons tomates para molho são pequenos e alongados, de uma cor vermelha intensa, maduros, bem firmes e sem machucados na casca.

Vale destacar também que o cozimento de qualquer molho, ensopado ou sopa deve ser feito com o fogo muito baixo, para deixar o sabor mais apurado, e com a panela tampada, para proporcionar um cozimento mais rápido e uniforme.

Comece com um refogado de cebola e alho. Acrescente os tomates picados sem pele e, para um molho menos denso, também sem sementes.

Alternativas

Uma alternativa é usar as sementes e, depois de pronto, bater no liquidificador. Outra, usar tomates pelados, vendidos em lata.

Tempere com sal apenas no final do cozimento, de outra forma, seu sabor pode se sobressair demais. Algumas ervas e especiarias combinam particularmente bem com o molho de tomate: Manjericão, tomilho, orégano, noz moscada, pimenta do reino, pimenta calabresa.

Vale também experimentar com salsinha, cebolinha, louro ou até uma pitadinha de canela em pó.

Outra alternativa

Refogue 1 lata de tomates pelados no azeite com alho picado por 5 minutos. Junte 1 xícara (chá) de suco de laranja e cozinhe por 10 minutos. Sirva sobre massas, pizzas, etc.

Alguns truques ajudam a acabar com a acidez do molho: cozinhar os tomates com um pedaço de batata ou de cenoura, cruas, acrescentar uma pitada de açúcar e usar azeite, e não óleo comum, no refogado inicial.

Conservação

Para evitar que se forme mofo na lata de extrato de tomate guarde o que sobrar na geladeira, em vasilha de louça ou vidro, tendo o cuidado de cobrir com um pouco de azeite ou óleo.

Catchup

Se você não tiver catchup, substitua por uma mistura de purê de tomate, uma xícara de açúcar e duas colheres de sopa de vinagre.

Compartilhe:

Facebook Twitter Pinterest Email