Receitas > Matérias > Dicas de congelamento

Dicas de congelamento


Avaliação: / Dicas de congelamento7 votos
PiorMelhor 
Por Mariana Cardoso

Você consegue imaginar sua vida sem o freezer ou o congelador?

Há muito tempo eles deixaram de cumprir apenas a função de produzir gelo para tornarem-se aliados das refeições do dia a dia, seja para manter sempre à mão alimentos que darão origem a receitas saborosas ou para conservar as sobras do almoço e do jantar.

Preste atenção nesses cuidados para que a comida mantenha o sabor e as propriedades nutritivas quando guardada em baixas temperaturas.

Para congelar

Utilize embalagens próprias para o congelamento, como potes e sacos de plásticos ou tigelas refratárias de vidro com tampa de fecho hermético. Antes de fechar, retire a maior quantidade possível de ar.

O congelamento impede que a comida se deteriore com rapidez porque transforma a água em gelo e inibe o desenvolvimento de micro-organismos responsáveis por causar dano aos alimentos, isso não quer dizer, porém, que é possível manter tudo no freezer por um tempo indeterminado: observe os prazos de validade indicados para cada tipo de prato ou produto.

Anote o conteúdo e a data de armazenamento em cada embalagem, é muito comum nos esquecermos de quando guardamos cada vasilha no freezer, e até do que está dentro delas.

Congele a comida em porções individuais, ou na quantidade certa para cada refeição. Dessa forma, não é necessário descongelar o que não será consumido.

Como os líquidos se expandem durante o congelamento, é preciso deixar um espaço livere nas vasilhas e sacos plásticos para que não rachem ou estorem no freezer.

Ao congelar pratos prontos, espere a comida esfriar, quando o alimento quente é colocado no freezer, a temperatura do equipamento aumenta, o que afeta a conservação dos outros itens.

Não lote o congelador! Deixe pelo menos 1/4 de sua capacidade livre, para que o ar possa circular. Para ganhar espaço, forre as vasilhas com sacos plásticos próprios para freezer. Utilize para congelar sopas, caldos e outros líquidos: quando firmar, retire e guarde apenas o saquinho.

Aproveite as bandejas de gelo que você tem em casa: coloque caldo (carne, frango e legumes) nos espaços e, depois de congelados, retire os cubinhos e guarde em sacos plásticos. O mesmo pode ser feito com ervas com salsinha, cebolinha e manjericão, entre outras: cubra com água e trasnfira para os sacos quando estiverem firmes.

É possível levar ao freezer pratos já temperados? Sim, mas saiba que os sabores se sobressaem com o congelamento, de preferência, maneire na quantidade de sal durante o preparo.

Não congele duas vezes o mesmo alimento: durante o processo de descongelamento, ele pode ser contaminado por micro-organismos e perder água e nutrientes. As carnes congeladas cruas, por exemplo, só podem ir de novo ao freezer depois de cozidas.

Para descongelar

Deixe os alimentos na geladeira, de preferência da noite para o dia.

Não tire do freezer direto para a bancada da pia nem tente degelar sob água corrente: o processo deve ocorrer de forma gradual.

Utilize o micro-ondas apenas para descongelar alimentos que serão servidos na sequência, como o arroz pronto, que vai do forno para a mesa.

Prazo de validade

Tempo médio de duração dos produtos no freezer, quando conservados em condições adequadas.

Alho e cebola: 6 meses

Arroz e feijão: 3 meses

Bolos: 6 meses (simples) : 3 meses (decorados)

Camarão: 6 meses

Carne bovina crua: 6 meses

Carne bovina moída: 4 meses

Carne suína: 6 meses

Frango cru: 6 a 8 meses

Frutas: 6 meses

Legumes: 6 meses

Manteiga: 6 meses

Miúdo: 2 meses

Molho de tomate: 3 meses

Pães: 4 a 6 meses

Peixes: 4 a 6 meses

Queijo parmesão: 4 meses

Frutas

O sucesso do congelamento começa na escolha dos ingredientes: compre alimentos firmes, maduros e sem machucados. Lave em água fria e seque antes de embalar e congelar.

Frutas como acerola, amora, framboesa, jabuticaba e morango podem ser congelados inteiras, ao natural.

Coco e manga (sem caroço) devem ser abertos, descascados e congelados em pedaços.

Com laranja e limões, retire as casca e a membrana branca.

Espalhe os alimentos, já lavados e secos, em uma assadeira. Leve ao freezer e, quando estiverem congelados, transfira para sacos plásticos.

Outro método consiste em envolver as frutas inteiras ou em pedaços com uma camada de açúcar. Espere dissolver, tampe a vasilha e congele. Funciona com abacaxi, amora, framboesa e morango.

Uma calda feita em proporções iguais de água e açúcar também ajuda a conservar as frutas. Cubra os ingredientes com a calda fervente, deixe esfriar, tampe e congele. Bom método para preservar abacaxi, amora, banana, figo, framboesa, goiaba (sem sementes), morango, maçã e pera (no caso das duas últimas, acrescente um pouco de suco de limão à calda).

É possível ainda, congelar apenas a polpa das frutas. Descasque, tire o caroço e as sementes e bata no liquidificador até obter um purê. Coloque em vasilhas ou espalhe em uma bandeja de gelo (nesse caso, transfira os cubinhos para um saco plastico quando estiverem firmes). Experimente com banana, maçã, manga e pera.

Para o maracujá, bata, coe e congele o suco.

Legumes e verduras

Para preservar o sabor, a cor e a textura das hortaliças, é preciso branqueá-las antes de levar ao freezer.

O primeiro passo é lavar bem, descascar e cortar em pedaços, se for o caso, desprezando as partes machucadas, mergulhe em uma panela com água fervente, o tempo varia conforme o ingrediente, encha uma vasilha grande com água e cubos de gelo, assim que a fervura acabar, transfira os legumes para a tigela com água gelada e deixe pelo mesmo tempo que ficaram na panela. Escorra, coloque numa assadeira e leve ao freezer. Quando estiverem congelados, transfira os produtos para sacos plásticos.

Abóbora, abobrinha, ervilha em grãos, ervilha torta, espinafre, nabo, pimentão e vagem devem ser aferventados por 2 minutos.

Para abóbora, aipo (salsão), brócolis, buquês de couve flor, cenoura (em rodelas) e quiabo (inteiro), deixe por 3 minutos na água fervente.

Cenoura, couve de bruxelas e mandioquinha inteira: 5 minutos.

Beterraba inteira, espiga de milho e mandioca em pedaços: 8 minutos.

Outros alimentos

O arroz congelado pode ser aquecido no vapor, em banho maria ou no micro-ondas.

É preferível levar ao freezer o feijão sem tempero e sem estar muito mole, deixe para acrescentar um refogado de alho e cebola na hora de aquecer um pouco antes de servir.

Ovos inteiros não podem ser congelados, pois o conteúdo se expande e a casca se quebra, conserve as claras e as gemas separadas em sacos plásticos próprios para o freezer, no caso das gemas, bata com 1/2 colher (chá) de sal ou açúcar.

Não congele

Por mais confiável que seja, o ato de congelar não funciona com alguns tipos de alimentos que, submetidos a baixas temperaturas, perdem sua textura, sabor e aparência característicos.

Alguns, como iogurte e maionese, podem talhar.

Outros, a exemplo das verduras, murchas e ficam sem gosto.

Confira a lista para saber o que é melhor deixar longe do freezer: agrião, alface, batata, chantili, creme de leite, cremes doces e pudins, fermento fresco, gelatina, iogurte, macarrão (sem molho), maionese, ovo com casca, pepino, queijos cremosos, rabanete, rúcula, tomate.

Adicionar ao meu livro de receitas

Comentários
© 2007-2017 Comida e Receitas | A empresa Anuncie Contato Política de Privacidade e Termos de Uso